Assédio de corretoras oferecendo consignado para recém aposentados é crime!


Bancos e financeiras sabem que contribuinte se aposentou antes dele e oferecem oportunidade de empréstimo de maneira ilegal!

Muitos brasileiros que deram entrada na aposentadoria estão denunciando um abuso que está cada vez mais frequente. Bancos e financeiras estão oferecendo crédito consignado antes mesmo de o INSS avisar para a pessoa que ela conseguiu o benefício.

Depois de mais de 35 anos de contribuição, Luiz Fernando de Moura olhou o calendário e achou que já era hora. Reuniu a papelada e deu entrada no pedido de aposentadoria. Completou todo o processo em abril deste ano. Quando foi julho, começou a perturbação do crédito consignado através das ligações.

“A ligação de várias instituições dessas assediando o tempo todo. Mandam tabelinha de prestação, de quantos meses você tem para pagar. Pode pagar em tantos anos e não sei mais o quê”, disse o aposentado.

Nem nos tempos mais movimentados da profissão o telefone do aposentado José Marcos Menezes Mendonça tocou tanto quanto agora. Todo mundo oferecendo empréstimo.

“Tipo dois ou três vezes por dia e são várias empresas. É muito doido, né? Porque você está aberto para esse tipo de gente. Eu não sei o que é, quem são eles, que empresa é essa”, contou.

Dentro dos limites do bom senso, não existe problema algum se uma empresa te liga para oferecer produtos ou serviço. A questão é que alguns bancos e financeiras estão fazendo ofertas insistentes a partir de informações que são sigilosas. O absurdo é tamanho que, em alguns casos, não dá tempo nem do comunicado oficial chegar ao aposentado. É o atendente do telemarketing quem avisa que a pessoa conseguiu se aposentar.

“Eu falei ‘mas tem aí quanto eu vou ganhar?’ ‘Tem, tem! O senhor vai ganhar tanto por mês’. Falei ‘Pô, como é que vocês sabem dessa informação antes de mim?”, explicou o aposentado Luiz. Para ter um registro desse abuso, a esposa do Luiz gravou a conversa:

Esposa do Luiz: Ele não recebeu a carta do INSS. Ele não sabe que a aposentadoria saiu. Você sabe disso?
Atendente: Ah, mas então pode dar essa boa notícia, parabenizá-lo, porque ele já está aposentado. A aposentadoria dele foi concedida. Nós temos uma parceria com o INSS. A gente sabe, na maioria das vezes, até mesmo antes do aposentado.

A aposentada Inês Sodré também foi avisada da mesma forma. “Você vai receber uma carta de que você está aposentada e nós te oferecemos um empréstimo consignado. Nas primeiras eu atendia, respondia, depois eu comecei a ficar irritada, porque o meu telefone não parava”, disse.

Mas o que causou mais espanto foi o alcance da notícia. Ela diz que o Brasil inteiro já sabe que ela se aposentou.
Eu tenho DDD 11, de São Paulo, eu tenho 81, eu tenho 19, eu tenho 92, enfim…”,

Ao contrário do que dizem algumas empresas, o INSS não faz parcerias para compartilhar informações sigilosas. Esse tipo de vazamento é crime.

“Quando esses dados vazam no mercado, é porque alguém com informação privilegiada contou para uma financeira ou de alguma maneira esses dados foram vendidos ou hackeados na base do INSS. Isso é uma denúncia criminal. Fazer um boletim de ocorrência, procurar uma associação de defesa do consumidor, a Ouvidoria do INSS ou o Ministério Público Federal”, explicou Henrique Liam, diretor do Proteste, Associação de Defesa do Consumidor.

Se você é recém aposentado e anda recebendo ligações de bancos e corretoras oferecendo empréstimo, denuncie! Hoje existem diversos aplicativos que gravam as chamadas. Tente pegar o número, a gravação e descobrir de onde vem a ligação. Essa prática é crime e cabe processo. A Ouvidoria da Previdência também recebe denúncias através do número de telefone 135.

2 thoughts on “Assédio de corretoras oferecendo consignado para recém aposentados é crime!

  1. Inteiramente verdade!.. No meu caso, comecei a receber tais ligações dois dias depois de dar entrada no pedido. No início simplesmente informava que não estava interessado no empréstimo, porém, ao longo dos dias, as sucessivas ligações tornaram-se insuportáveis, a ponto de eu fazer uma denúncia no Ministério Público Federal, e pedir para um dos operadores, para remover o meu nome da sua lista, informando que já houvera feito tal denúncia…Pronto!, bastou fazer isso, para que as mensagens, as ligações no celular e no telefone fixo, se tornassem absurdamente mais frequentes, chegando aproximadamente a umas 15 por dia. A maioria delas, nem chegava a oferecer nada.. ligavam apenas para causar aborrecimento, e quando eu atendia, ficavam em silêncio. O pior de tudo é que eu não posso bloquear os números desconhecidos, uma vez que poderia perder alguma ligação importante de algum cliente. Resultado: Estou ficando ansioso, nervoso mesmo, e me sentindo ultrajado, sem falar nos eventuais prejuízos materiais.Será que vale a pena entrar com uma ação de danos morais e materiais contra essa gente?.. A quanto poderia remontar tal ação?.. Grato pelo que puder informar.

    1. Leonardo, eu certamente entraria, mas antes tentaria atender a ligação e me fazer de interessado para saber de onde estão vindo. Existem vários casos iguais ao seu.

Deixe uma resposta