Novas vantagens de empréstimo consignado para servidores federais


Alô servidores federais, temos novidades no que se refere a empréstimo consignado.

Os servidores federais terão as taxas de juros reduzidas para empréstimos consignados, conforme Portaria publicada no fim de março pelo governo federal. Com a nova medida, quem precisa desta modalidade de crédito, uma das mais baratas do mercado, conseguirá economizar no valor total ao fim do pagamento do empréstimo.

No caso de um servidor federal, por exemplo, que foi contemplado com a medida, que contratasse na semana passada um empréstimo consignado de R$ 10 mil, para pagar em 24 parcelas, pagaria um total de R$ 13.419,12. Com a mudança, um empréstimo nas mesmas condições sairá para o servidor, no final, por R$ 12.978,48.

Com a decisão do governo federal, o percentual cobrado dos servidores públicos federais passa de 34,5% para 29,8% ao ano. Por mês, o valor cai de 2,5% para 2,20%. Segundo comunicado do Ministério da Fazenda, o corte também valerá para operações realizadas pelo cartão de crédito consignado. A taxa passa de 3,36% para 3,06% ao mês e de 48,7% para 43,6% ao ano, um recuo de 5,1 pontos percentuais.

Em fevereiro de 2017, o saldo total de empréstimos consignados atingiu R$ 291,4 bilhões, o que corresponde a uma alta de 5,5% em 12 meses. Do valor total contratado junto às instituições financeiras, R$ 169 bilhões foram destinados a servidores públicos. É importante lembrar que o crédito consignado pode servir para uma emergência ou para reestruturar dívidas, mas é necessário sempre pesquisar as taxas para fazer o melhor negócio.

Mesmo com taxas mais atrativas, ainda é muito importante estudar as taxas e verificar a real necessidade de fazer o empréstimo. Para ajuda-los, leiam o artigo: Quando vale a pena pegar um empréstimo consignado e como pedir?

Deixe uma resposta